fbpx
Procurando por algo?

Fernando Ramos: sonho de ampliar Programa Social

ENTREVISTA: Fernando Ramos
“Esta casa é muito grande. Espero ocupá-la totalmente com projetos sociais”

O Programa de Atenção Social Sousândrade (PASS) completou dois anos oferecendo cursos gratuitos para a comunidade, principalmente, crianças e adolescentes. O programa que iniciou com três cursos, mais que dobrou suas oportunidades e hoje disponibiliza Alfabetização, Inglês, Informática, Espanhol, Redação, Teatro e Canto Coral.

O professor, neuropediatra Fernando Ramos, implantou o PASS em parceria com a diretora-presidente da Fundação Sousândrade (FSADU), Evangelina Noronha, e faz uma breve análise sobre os dois anos. Veja:

Professor, como o PASS foi implantado?
Fernando Ramos– O PASS foi um sonho sonhado por muitos. Já tínhamos um projeto social na FSADU, que incorporava teatro e dança, e, por meio desse projeto, a professora Evangelina Noronha se entusiasmou para criar o PASS, em 2016. Hoje, o PASS é muito maior, pois muitos da Fundação e dos departamentos da Universidade Federal do Maranhão abraçaram a ideia e estão trabalhando neste programa.

Entrelinhas: Alfabetização para crianças

Como é formada e remunerada a equipe dos professores?
Fernando Ramos– Temos trazido, cada vez mais, a Universidade, com seus projetos de Extensão, para dentro do PASS. A FSADU apoia com infraestrutura e bolsas. O projeto Dom Quixote (Espanhol), por exemplo, é em parceria com o Departamento de Letras da UFMA. Uma professora coordena o projeto e outros dois professores são bolsistas patrocinados pela FSADU. Na mesma categoria, estão o Entrelinhas (Alfabetização), que tem duas professoras de Pedagogia da UFMA coordenando e duas professoras bolsistas. E ainda o Canto Coral, com professor e regente oficial do Departamento de Música, e dois bolsistas como regentes auxiliares. Outra categoria é a da Informática, onde o professor é um próprio funcionário voluntário da FSADU. E temos uma outra categoria, dois funcionários contratados pela FSADU para desenvolver o trabalho, o professor de Inglês e de Teatro.

Construindo Cidadania: Informática para adolescentes e jovens

Jovens fazendo arte: Teatro para socialização

Qual avaliação que o sr. faz destes dois primeiros anos do Programa?
Fernando Ramos- Nós começamos com teatro, dança, alfabetização e inglês. Ampliamos nossa oferta para a comunidade, e hoje temos também informática, espanhol, redação, coral. Minha expectativa é que nós continuemos crescendo. Eu digo sempre que esta casa é muito grande. Ela ainda não está totalmente ocupada, e espero e sonho ocupá-la totalmente com este projeto social.

Construindo Cidadania: Inglês em quatro turmas

Existe algum critério para a inscrição?
Fernando Ramos– O PASS é aberto para a comunidade. A preferência é para crianças, adolescentes e jovens, que no ato da inscrição apresentam apenas a documentação básica, como comprovante de endereço e carteira de identidade. Tudo aqui é oferecido gratuitamente. Os interessados só precisam é de boa vontade e interesse. Os cursos são realizados de acordo com a demanda. Ao preencher uma turma começa-se o curso. A ideia é que ampliemos o máximo possível, mas, para isso, é preciso o interesse da comunidade para preencher as turmas que forem sendo abertas. As inscrições são realizadas de forma presencial na sede do PASS (rua de Santaninha, 194, centro).