fbpx
Procurando por algo?

Medalhistas do IEMA são recebidos por Flávio Dino

Os alunos do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) que foram medalhistas na Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras (Oimsf) e Olimpíada Brasileira de Física (Obf) estiveram no Palácio dos Leões, dia 25,  a convite do governador do Maranhão, Flávio Dino, para conversar sobre a experiência dos estudantes nas olimpíadas do conhecimento além de parabenizá-los pelas conquistas.

Acompanhados por gestores e professores, 13 alunos medalhistas das unidades plenas de Axixá, Brejo, Coroatá, Pindaré-Mirim, São Luís Centro, São Luís Itaqui-Bacanga, São José de Ribamar e Timon representaram os seis alunos medalhistas na Obf e as 30 turmas do Iema que foram medalhistas nacionais e estaduais na Oimsf.

Durante o encontro, o governador ouviu o depoimento da estudante Elaine Sousa que foi medalhista de ouro e de prata na Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras e falou da importância do investimento no Instituto. “Subir ao pódio de olimpíadas como essas mostra ao mundo que o Iema tem nos preparado. Eu quero agradecer ao senhor, governador, por investir em educação porque o senhor reconhece que a educação é importante para os jovens. Na oportunidade em que estivemos aqui no ano passado, o senhor falou que prefere investir em educação do que em asfalto, porque, com o tempo, o asfalto se desfaz, mas o investe que o senhor faz na educação não é desfeito, é vivido por nós todos os dias”, declarou a estudante de serviços jurídicos da unidade de plena de Pindaré-Mirim relembrando o último encontro que o governador realizou com medalhistas do Iema.

“Este ano queremos que o melhor desempenho do Brasil venha por meio do Maranhão e conquistado por um aluno do Iema”, concluiu Elaine sobre o que espera da última etapa da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras 2019.

Além dos medalhistas, o governador quis saber do professor David Bruno como se sente com o êxito de seus alunos. “Eu vejo com muita felicidade os resultados que estão aparecendo, eu sempre falo que as olimpíadas são avaliações externas e servem como indicadores do nosso trabalho. Como os resultados estão aparecendo, isso mostra que o trabalho está indo no caminho certo”, disse o professor do estudante Lourival Aerthon que foi medalhista de prata na Obf.

“O investimento em educação por si só não gera resultado, tem que ter trabalho, e no Iema tem trabalho. Nós temos várias formações continuadas, temos acompanhamento da reitoria, temos laboratórios, disciplinas eletivas, ou seja, temos a oportunidade de trabalhar os conteúdos de uma forma em que o aluno se sinta motivado a fazer”, concluiu o professor de física da unidade plena do Itaqui-Bacanga David Bruno.

A intercambista do programa o “Mundo do Iema”, Maria Julieta Sanchez, também esteve no encontro e compartilhou com o governador sobre sua experiência no Iema. “Os alunos e professores me receberam muito bem, eu participei de muitas coisas como a competição de foguetes e muitas olimpíadas do conhecimento. Vi que o Iema tem muitas propostas para os alunos, eu pude criar clube sobre a Argentina onde pude compartilhar minha cultura com meus colegas. Pude trocar conhecimento nas aulas de espanhol e de português também”, contou.

Ao final dos depoimentos, Flávio Dino destacou que faz questão de ter esses momentos com os estudantes porque aprende bastante, se emociona e se estimula com o êxito deles. “O Iema é uma experiência inovadora do nosso governo, começou há muito pouco tempo e já mostra grandes resultados que são consequências do trabalho cotidiano. Quando criamos o Instituto nunca imaginaríamos que conquistas em olimpíadas e torneios seria uma vertente forte do Iema”, o governador concluiu o encontro no Salão de Atos desejando que os estudantes continuem participando de olimpíadas nacionais e internacionais.

De acordo com o reitor do Iema, Jhonatan Almada, é o terceiro ano consecutivo em que o Instituto conquista medalhas na Oimsf e a primeira vez na Obf, que até então só escolas particulares haviam conquistado. “Isso é fruto do trabalho aplicado, dedicado e da prioridade que o governo Flávio Dino dá para a educação do Maranhão. No Brasil em que 96% dos jovens concluem o ensino médio sem saber matemática, nós do Maranhão, que temos alunos medalhistas em matemática e em física, estamos mostrando que é possível fazer uma escola pública de excelência”, contou.

Para o Secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, as medalhas dos estudantes é uma vitória da rede estadual. “Para nós é um grande orgulho ter um patrimônio maranhense como o Iema que está dando tão certo, obtendo tanto destaque e repercussão nacional e internacional. Isso mostra e sinaliza a importância que o governo Flávio Dino dá para educação”.

Fonte: Portal do IEMA