Procurando por algo?

Projetos Sociais

Construindo Cidadania (Inglês e Informática)

O projeto “Construindo Cidadania” foi o pioneiro do PASS. Iniciou suas atividades em 2014, para oferecer educação continuada na área de profissionalização/ empreendedorismo, a fim de estimular o protagonismo juvenil para alunos da rede pública. As aulas eram realizadas em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que disponibilizava os espaços físicos do Núcleo de Extensão da Vila Embratel (NEVE). A partir de 2016, o projeto passou a funcionar no Espaço Cidadão da FSADU, onde os alunos recebem aulas de Inglês. Até julho de 2017, o PASS vai iniciar as aulas de Informática, com turmas também para Idosos.

OBJETIVOS

GERAL

Proporcionar atenção aos adolescentes e jovens de zonas periféricas de São Luís, através de capacitações específicas na área da língua inglesa e informática, abrindo-lhes perspectivas para o mercado de trabalho. E proporcionar aos idosos uma oportunidade de inclusão digital, a fim de realizarem atividades básicas com o auxílio da internet.

ESPECÍFICOS

I. Oferecer uma oficina permanente, por um período de 12 meses, de formação nas línguas inglesa, para os 15 adolescentes e jovens, em duas turmas anuais, com ênfase em: preparação para concursos públicos e conversação, visando ao preenchimento de demandas específicas de mercados (área do turismo, como guias ou agentes da rede hoteleira). Média de treinandos: 30/ano.

II. Oferecer oficinas cíclicas de informática a cada três meses, para dez adolescentes e jovens, contabilizando no período de 12 meses, 40 participantes, com ênfase na formação básica de informática, manutenção e montagem de computadores, visando também ao preparo desta população para competir, com maiores possibilidades, no mercado de trabalho. Média de treinandos: 40/ano.

III. Garantir um trabalho de educação continuada sobre vivências adolescentes e jovens, tais como: fatores de risco eproteção para faixas etárias (família, escola, sistema de saúde, segurança, mídia), intercorrências negativas (gravidez, drogas, abuso e exploração sexual e demais formas de violência) e garantia de direito e cidadania, oferecida para os participantes das oficinas, seus pais, suas escolas e grupos comunitários onde residem.

ATIVIDADES

1. Oficinas de formação em INGLESA

Formadas por uma turma de 20 adolescentes e jovens, com aulas programadas em turnos vespertinos ou matutinos, duas vezes por semana, visando atender a escolares, em horários compatibilizados com os respectivos horários de suas escolas, perfazendo 30 adolescentes e jovens por ano.

Conteúdo:

Noções gramaticais básicas;

Exercícios e dinâmicas de conversação;

Leitura e interpretação de texto;

Utilização de recursos audiovisuais para memorização da língua;

Utilização das línguas direcionadas ao turismo.

2. Oficinas de formação em INFORMÁTICA

Planejadas para dez adolescentes/jovens por turma e proposta de uma turma por trimestre, em horários alternativos, que garantam, também, a permanência dos participantes em suas escolas, perfazendo 40 participantes por ano.

Estimativa para início das aulas: primeiro semestre /2017

Conteúdo:

Noções básicas em word, excel, power point e internet;

Noções em montagem e manutenção de microcomputador;

Instalação de Programas;

A informática e o mercado de trabalho.

3. Atividades de educação continuada

Acontecem com intervalos mensais em cada oficina, sempre intercaladas com as atividades específicas de artesanato e cultura/folclore, de línguas e de informática, assim como acontecerão também para pais, educadores e lideranças jovens da comunidade, bimensalmente, sob forma de seminários, palestras, trabalhos de grupos, etc. A capacitação será para cem adolescentes e pais e educadores afins aos adolescentes e jovens oficineiros, dentro do propósito de multiplicação das informações.

Estimativa para início das aulas: primeiro semestre de 2018

Conteúdo:

Conhecimentos gerais sobre adolescência e juventude;

Puberdade/ sexualidade;

Desenvolvimento psíquico, social e cultural na adolescência e juventude;

Fatores de proteção ou risco; família, escola, sistema de saúde, segurança, mídia, comunidade;

Necessidades fundamentais: educação, nutrição, arte, esporte e lazer;

Intercorrências: gravidez não planejada x planejamento familiar, drogadição, abuso e exploração sexual infanto-juvenil e outras formas de violência;

Políticas públicas voltadas para adolescência e juventude.
Dia e horário: Turma 2ª feira (1h às 19h15) e Turma 3ª e 5ª feiras (17h30 às 18h30)

Outras informações: (98) 3232-2997