fbpx
Procurando por algo?

FSADU apresenta sua nova estrutura organizacional

A presidente da Fundação Sousândrade (FSADU), Evangelina Noronha, apresentou aos empregados, nesta manhã, de forma virtual,  o novo Estatuto da instituição.  Com objetivo de melhoria do fluxo na gestão organizacional, houve mudanças no organograma da Fundação, deixando de existir, por exemplo, os cargos de diretora-presidente e superintendente. Pela nova composição, aprovada no último dia 26 pelo Conselho Curador, a Diretoria Executiva passa a ser formada por um(a) presidente, um(a) diretor(a) de Administração e Finanças e um(a) diretor(a)  de Planejamento e Inovação.

Com aprovação do Conselho, a nova Diretoria Executiva, em vigor desde o último dia 26, passou a ser formada por:

Presidente Evangelina Maria Martins Noronha

Mestra em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Maranhão, onde exerceu atividades como chefe do departamento de Educação 1, coordenadora do serviço de apoio e assessoramento pedagógico dos cursos de Graduação e membro dos Conselhos de Ensino, Pesquisa e Extensão e do Conselho Universitário. Também foi coordenadora do curso de Pedagogia da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB),  onde coordenou a Pós-Graduação em Psicopedagogia e Gestão Escolar. Foi uma das instituidoras da Fundação Sousândrade, e em 2013 tomou posse como diretora-presidente da FSADU, cargo este que foi extinto a partir deste novo estatuto, assumindo, então, a presidência.

“O novo Estatuto vinha sendo elaborado desde 2019, pois entendemos que para a Fundação Sousândrade atuar com mais eficiência, seria necessário um novo modelo de gestão para facilitar o fluxo na organização”, explicou a presidente Evangelina Noronha. “Precisamos traçar metas com inovação e integração. Para tanto, devemos enfocar no nosso trabalho na Fundação  os seguintes princípios: Apoio, Acompanhamento, Controle e Avaliação”, direcionou a presidente.

 

Diretora de Administração e Finanças,  Luciana Maria Pinto Gurgel Rocha Cordeiro

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Ceuma, há 20 anos faz parte da Fundação Sousãndrade. Iniciou em 2000, como bolsista na Gerência Contábil; assumiu, em 2001, a Coordenação Técnico Pedagógica do Programa de Assistência Técnico Pedagógica (PAT) da Secretaria de Estado da Educação; em 2003, foi nomeada  gerente financeira, e em 2013 tomou posse como superintendente, cargo este que foi extinto a partir deste novo estatuto, assumindo, então, como diretora de Administração e Finanças.

“Estamos de mãos dadas para continuarmos o trabalho na Fundação Sousândrade de forma integrada. Estou à disposição para colaborar nesta missão”, disse a diretora de Administração e Finanças, Luciana Cordeiro.

 

Diretor de Planejamento e Inovação, Raimundo Nonato Palhano Silva

Doutor em Ciências Econômicas pela Emil Brunner University; Mestre em História da Urbanização e da Industrialização pela Universidade Federal Fluminense; Especialista em Economia do Setor Público, pela Unicamp; professor aposentado da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), onde também foi pró-reitor de Administração; ex-presidente do Conselho Regional de Economia do Maranhão, ex-secretário municipal de Educação de Caxias, além de membro fundador da Academia Caxiense de Letras; ex-presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) no Maranhão; foi pesquisador sênior do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef); e foi conselheiro titular do Conselho Curador da Fundação Sousândrade, onde coordena o programa Instituir.

“É um momento de grande orgulho e satisfação para mim”, disse o diretor de Planejamento e Inovação, Raimundo Palhano. “A Fundação Sousândrade é consagrada no contexto institucional do Maranhão, com altíssimo conceito. Estamos iniciando uma nova fase e, para mim, Inovação e Planejamento não podem ser vistos de forma verticalizada. Deve envolver toda a comunidade de colaboradores, com fatores novos para uma nova cultura institucional. Que nós possamos estar unidos, pois só será uma organização sustentável, evoluída, se todos os integrantes estiverem integrados e valorizados”, finalizou o diretor.

Clique aqui para acessar o novo Estatuto e aqui para consultar o novo Regimento.

Abaixo, a reportagem da Rádio Universidade sobre o evento: