fbpx
Procurando por algo?

Grupo de pesquisa da UFMA lança livro na FSADU

Na última sexta-feira, dia 17, aconteceu no auditório da Fundação Sousândrade o lançamento do livro UMA ESCOLA QUE DIALOGA E SE REINVENTA: MEMÓRIAS DE UM PROCESSO DE AUTOFORMAÇÃO, organizando pela Profa. Dra. Edith Maria Batista Ferreira e pela Profa. Dra. Joelma Reis Correia. Esteve presente no evento a Presidente da Fundação Sousândrade, Professora Mestra Evangelina Noronha, que destacou a importância da produção científica na Academia como forma de aprofundar conhecimentos nas diversas áreas do saber. Parabenizou as autoras e os familiares presentes pelo lançamento do livro, fruto de um trabalho de pesquisa de professores, alunos e demais profissionais da educação.

O livro é resultado de um percurso de autoformação coletiva vivido na Unidade de Educação Básica Augostinho Vasconcelos, escola pública municipal de São Luís-MA, em parceria com o Observatório das Práticas de Leitura e de Escrita (OBPLE), Projeto de Pesquisa da Universidade Federal do Maranhão, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA, vinculado ao Grupo de Estudos e Pesquisa “O ensino da linguagem escrita como processo dialógico” (GLEPDIAL).

Em sua apresentação as autoras do livro destacam que: “As análises e reflexões acerca de um projeto de alfabetização centrado em atividades de iniciação à leitura e à escrita fundadas, em processos de autoformação, são apresentadas, nesta obra, como marco de sucesso possível! A Apresentação do livro em pauta, síntese dos resultados do acompanhamento de um projeto de formação desenvolvido em parceria entre pesquisadores/formadores universitários e o empenho de professores de ensino básico com crianças dos anos iniciais do ensino fundamental, pretende pôr em destaque alguns elementos fundantes de um processo de ensino/aprendizagem concebido como processo de autoformação, algo aparentemente contraditório por envolver três esferas de atividades: do pesquisador formador, do professor e do aluno.”