fbpx
Procurando por algo?

Projetos

Terminal Portuário São Luís: diagnóstico e caracterização quali-quantitativa da dinâmica de metais

Coleta de amostras de sedimentos

 

Projeto: Diagnóstico e caracterização quali-quantitativa da dinâmica de metais no Terminal Portuário de São Luís- TPSL

O projeto tem como objetivo geral a realização de caracterização do Terminal Portuário de São Luís -TPSL quanto à distribuição de metais em diferentes matrizes ambientais (sedimento, água e biota) e seus efeitos biológicos considerando as variações sazonais. Para tanto, pretende-se cumprir os seguintes objetivos específicos:

  • Caracterização físico-química da água (pH, salinidade, temperatura, OD, turbidez e Material Particulado em Suspensão – MPS) na área de influência da VLi Multimodal e suas adjacências na região do TPSL;
  • Análises quali-quantitativas de metais em sedimentos na área de influência da VLi e suas adjacências na região do TPSL para caracterização da dinâmica local e estudo de distribuição de compostos metálicos;
  • Análises quali-quantitativas de metais acumulados em ostras (Crassostrea sp.) distribuídas ao longo da região costeira para monitoramento de níveis de metais disponíveis na biota na área de influência da VLi e suas adjacências na região do TPSL;
  • Fundeio em ponto fixo na área de influência da VLi para caracterização, físico-química (pH, salinidade, temperatura, OD, turbidez e MPS) e dosagem de metais totais e dissolvidos (Al, Cu, Fe, Mn e Zn) na água para o entendimento da dinâmica e especiação de metais na coluna d’água frente às variações temporais de marés e precipitação;
  • Análises da granulometria, conteúdo de matéria orgânica, pH e Eh dos sedimentos de fundo na área de influência da VLi e suas adjacências na região do TPSL;
  • Monitoramento da distribuição da abundância de espécies da endofauna bêntica na área de influência da VLi e suas adjacências na região do TPSL para avaliação do efeito na biota local.

Desta forma, espera-se quantificar os parâmetros químicos, físicos e físico-químicos que possam fornecer informações sobre a região costeira no entorno do TPSL afim de determinar possíveis alterações em decorrência da localização e estruturas operacionais e/ou acessórias da Estação de Tratamento de Efluentes Industriais (ETEI) da empresa VLi, assim como identificar as alterações decorrentes de outras atividades que se desenvolvem nas adjacências sobre as comunidades bentônicas locais e estudar os principais fatores relacionados ao movimento dos sedimentos, a compartimentalização de metais, sua disponibilidade e efeitos.

Considera-se que a região em questão sofre grandes variações de velocidades de correntes da superfície até o assoalho. Além disso, as descargas dos rios, principalmente o Mearim, também variam significativamente em função dos regimes de precipitação em suas bacias de drenagem.

Este conjunto de variáveis influencia consideravelmente o aporte e o transporte de sedimentos na região. Portanto, conhecer estes fatores e relacioná-los com o movimento dos sedimentos na região é fundamental para o entendimento da compartimentalização e dispersão de metais na área do TPSL.

Além disso, cabe salientar que a crosta oceânica e continental adjacente são compostas, na sua maioria, por minerais ricos em ferro, manganês, silício, alumínio e potássio e que a geodiversidade da região como um todo também interfere nos níveis dos elementos metálicos encontrados no ambiente.

Material coletado para análise